Voltam às aulas na rede municipal em Toledo

Passado o período de férias crianças e adolescentes voltaram à rotina escolar. Nesta quarta-feira (14) começaram às aulas na rede municipal de ensino, e a estimativa da Secretaria Municipal de Educação de Toledo é de aproximadamente 11.200 estudantes, divididos entre pré-escolar e 5º ano.

As matrículas ainda estão abertas, assim como as transferências.

De acordo com a diretora do Departamento de Ensino, Eliana Buzin, a expectativa para o ano de 2018 é a melhor.

“Todo começo de ano nossas expectativas são grandes para o ensino no município, esperamos que os estudantes alcancem melhores índices, e além de aprender o que está programado para o ano letivo, possam expandir seu conhecimento e aplicar o que aprendem na escola no dia a dia”, afirma.

Conforme a secretária de Educação, Edna Schaefer Amaral, o ambiente escolar já estava pronto para receber os alunos. A preocupação é sempre com o quadro de professores, pois algumas situações não podem ser previstas.

A secretaria da educação realizará o Processo Seletivo Simplificado (PSS) de modo que alguns profissionais que estejam em atestado médico mais longos ou que estejam de licença maternidade possam ser substituídos.

REFORMAS

A Secretaria Municipal da Educação realizou algumas melhorias (pintura) e manutenções (reparos elétricos, consertos, serviço de encanamento, corte de grama), nas escolas municipais e dos Centros Municipais de Educação (CMEIs), para que tudo estivesse organizado na volta às aulas.

Algumas obras ainda estão em execução, como por exemplo a Escola São Dimas, de Bom Princípio. A reforma que estava acontecendo no espaço ainda está em andamento, mas o ambiente já está sendo utilizado pelos estudantes.

No CMEI Cantinho da Alegria, as reformas também estão quase prontas.

CMEIs

No Cmeis, a boa notícia foi abertura de novas vagas com o último chamamento, no para matrícula realizada pela Secretaria Municipal de Educação (SMED) a fila de espera por uma vaga nos Cmeis reduziu.

De 1446 crianças que estavam aguardando ser chamadas em dezembro de 2017, 1283 foram convocadas.

A expectativa da Secretaria de Educação é a de que se as matrículas forem realizadas haja uma redução de quase 90% na lista de espera.

 

 

Autor: Luiz H. Leal

Facebook Comments