Toledo contará com Memorial dos Doadores de Órgãos

Na manhã desta segunda-feira (30), durante a Agenda Aberta, o Hospital Bom Jesus de Toledo e a Prefeitura de Toledo lançaram o Projeto de Construção do Memorial dos Doadores de Órgãos. O objetivo é homenagear os doadores e familiares. A implantação será no Parque do Povo Luiz Cláudio Hoffmann – Parque do Povo. Flores e árvores coloridas representarão órgãos do corpo humano. A previsão é que até dezembro deste ano as intervenções tenham sido realizadas.

O evento contou com profissionais do Hospital Bom Jesus, o Prefeito Lucio de Marchi, Secretária de Saúde, Denise Liell, Diretor da 20ª Regional de Saúde, Alberi Locatelli, Diretora da 10ª Regional de Saúde, João Gabriel Avanci, Gerente de Enfermagem, Itamar Weiwanko, Dr. Waldir Antônio Pasa Jr, diretor geral da Hoesp Claudio Hiroshi, vereadores Gabriel Baierle, Pedro Varela, Renato Reimann, dentre outros representantes da área médica e da comunidade.

A parceria entre Hospital Bom Jesus e a Prefeitura de Toledo, através da Secretaria de Desenvolvimento Ambiental e Saneamento, compreende um projeto para que seja realizado um memorial em forma de homenagear os doadores de órgãos de Toledo, que atualmente somam 121 doadores.

O Parque do Povo receberá árvores e flores coloridas que formam órgãos humanos, com símbolos como coração, olhos, pulmão, rins e fígados, outros também poderão fazer parte. O projeto é uma criação dos profissionais da Secretaria de Desenvolvimento Ambiental e Saneamento e Secretaria de Planejamento e Urbanismo.

Para a Secretária da Saúde, Denise Liell, é importante que as pessoas se conscientizem e saibam que a ação de dor salva vidas. “Receber é uma benção, mas doar é ainda mais gratificante tanto para a família que doa para a que recebe. Representado pela flor, podemos dizer que a doação é um ato de renovação da vida”.

Poder Público e iniciativa privada

O Prefeito Lucio de Marchi, salientou que o Poder Público está realizando seu trabalho com êxito. “Em parceria com o Hospital Bom Jesus, com certeza, essa ação irá incentivar ainda mais a doação. Para nós, como gestão, é um prazer poder realizar essa atividade que visa diretamente a garantia da vida”, relatou.

O vereador Gabriel Baierle destacou que este é mais uma forma de valorizar o próximo. “Devemos valorizar estes cidadãos que dão incentivo para que outros também façam a doação. É um ato de amor em um momento de dor”.

O Secretário de Desenvolvimento Ambiental e Saneamento de Toledo, Neudi Mosconi, relatou que será feito o registro do nome dos doadores de órgãos no memorial. “Muitas vidas foram salvas graças a essa ação. Essa é uma forma de retribuir este gesto de compaixão ao próximo”.

A importância da doação

O Hospital Bom Jesus é referência na captação de órgãos. Durante a cerimônia o casal Edna e Jurandi, fizeram um relato sob forte emoção. No momento eles destacaram que seu filho, na época com 19 anos, precisou de um transplante com urgência, e por meio do auxilio do Hospital Bom Jesus e do grupo responsável, seu filho foi salvo pela iniciativa de doação.

“Foi um momento de muita dor para nós, mas seguimos fortes e com a ajuda do Hospital Bom Jesus, conseguimos com muita dificuldade alguém para realizar uma doação de fígado, o que salvou a vida do nosso filho. Somos imensamente gratos a esses profissionais”.

“Todos envolvidos pela mesma causa. É mais do que salvar vidas no Hospital Bom Jesus. É demonstrar um gesto de amor pelo próximo”, destacou o Gerente de Enfermagem, Itamar Weiwanko.

Como doar e o que pode ser doado?

No Brasil, para ser doador de órgãos é simples, basta avisar sua família que quer ser doador. Podem ser doados os rins, coração, pulmões, fígado, pâncreas, e também ossos e tecidos, como córneas e pele. Vale destacar que um único doador pode salvar até 10 vidas.

Fotos: Carlos Rodrigues.

 

Facebook Comments