Prati-Donaduzzi recebe representantes de 20 farmácias gaúchas

A Prati-Donaduzzi – maior produtora de medicamentos genéricos do Brasil – recebeu nessa segunda-feira (19) representantes de 20 farmácias. No grupo, proprietários, farmacêuticos, balconistas e operadores de caixa de farmácias de 15 cidades do Rio Grande do Sul.

Na farmacêutica, eles, visitaram desde o Warehouse (espaço onde são armazenadas as matérias-primas que chegam à indústria diariamente), até à unidade onde são produzidos os principais medicamentos sólidos. Entre eles, a Losartana (indicada para o tratamento de hipertensão arterial), a Metformina (usada no controle do diabetes) e o Captopril (indicado para tratamento de hipertensão e insuficiência cardíaca).

“É a segunda vez que eu visito a Prati. É sempre um aprendizado”, afirmou a empresária Viviane Scheffer Schwanck.

O empresário Renato Valli Sole atua no ramo farmacêutico há 19 anos, em Pelotas. Pela primeira vez conheceu de perto como são produzidos os medicamentos da Prati-Donaduzzi que ele indica para seus clientes no dia a dia. “Essa visita é um elo muito importante entre a indústria e os clientes. Esse detalhe impacta diretamente nas vendas”, disse Sole.

A expectativa para conhecer a indústria farmacêutica paranaense era grande. Segundo o Supervisor de Vendas Externas de Porto Alegre, Vitor Paulo Wendorff, as vagas para a visita foram disputadíssimas. “Conhecer a produção dos medicamentos é algo muito aguardado pelos nossos clientes. Quem vem quer voltar”, afirma.

Na unidade fabril, foram recepcionados pela Sócia-Fundadora da farmacêutica, Dra. Carmen Donaduzzi, pelo Diretor Comercial, Walter Batista da Silva, pelo Gerente de Vendas da Região Sul, Carlos Henrique Turri e pelo Gerente de Marketing, Lucas Angnes.

Conheça Mais

A visita à empresa faz parte do Projeto Conheça Mais (PCM), do Setor de Marketing. Desde 2010, a iniciativa já trouxe mais de 11 mil clientes para conhecer a indústria, que hoje, detém o título de maior produtora de medicamentos genéricos do Brasil.

Até o final do ano, pelo menos outros 700 balconistas, operadores de caixas e farmacêuticos de várias redes espalhadas pelo Brasil devem participar do projeto.

De acordo com a coordenadora do Conheça Mais, Noemi Kistemacher, o objetivo é aproximar a empresa dos clientes e mostrar o cuidado no processo de fabricação. Afinal, hoje, a Prati produz 12 bilhões de doses por ano e está presente em mais de 56 mil farmácias brasileiras.

“Até 2010, a Prati atendia apenas as unidades públicas de saúde. Naquele ano, entrou numa outra fase, vendendo também às farmácias privadas. Nada mais justo que trazer quem vende nossos produtos para conhecer o processo fabril”, explicou Noemi.

Opinião semelhante é do Supervisor de Vendas Externas, Jeferson de Oliveira Marcanth, que atua em Pelotas. Segundo ele, os colaboradores das farmácias tem papel importante na venda dos produtos. “Quando os nossos clientes conhecem o processo produtivo eles levam até o consumidor final a qualidade dos medicamentos da Prati”, disse.

Passeio Turístico

Antes da visita à Prati-Donaduzzi, o grupo formado por 39 pessoas, passou por Foz do Iguaçu. Eles conheceram as Cataratas do Iguaçu e o Parque das Aves.

 

Assessoria Prati-Donaduzzi.

Facebook Comments