Porte de arma em casa: a importância de se defender

Manter a casa segura é muito importante, principalmente em cidades do oeste do Paraná como Cascavel, Foz do Iguaçu, Toledo e Pato Branco com crianças pequenas e pessoas com mais idade.

Atualmente, a segurança é um fator muito discutido e analisado no Brasil e no mundo inteiro, infelizmente cada vez é mais comum escutar de casos de assaltos nos imóveis em Curitiba e do Oeste.

Mas vale lembrar que os cuidados não devem ser tomados apenas na rua e sim dentro das suas casas, chácaras, escolas, faculdades, escritórios e apartamentos.

Procure sempre estar atento a tudo que acontece no seu bairro e na sua rua, conheça os vizinhos e, no caso de apartamentos, os porteiros e os horários que cada um está.

Além disso, deixe avisado na portaria o nome das pessoas que podem ou não subir no seu apartamento, verifique sempre antes de abrir a porta e deixar a pessoa entrar. Se possível pede para o convidado avisar da sua chagada e se identificar devidamente.

Parecem coisas simples e muitas vezes fáceis, mas que se nos descuidamos por um segundo que seja pode gerar muita dor de cabeça e problemas desnecessários.

Quando o assunto é segurança muitos assuntos polêmicos surgem, como é o caso de porte de arma em casa.

É realmente um direito do cidadão? É a única forma de poder se defender?

Continue lendo o artigo e entenda todos esses fatores que acabam gerando muitas dúvidas e questionamentos. Confira todos os detalhes!

Responsabilidade para guardar a arma na casa

O porte de arma em casa exige muita responsabilidade, atenção e cuidado, especialmente se existem moradores pequenos.

É fundamental que não esteja ao alcance e fácil de ser vista, lembrando que tudo isso irá ser essencial para evitar que acidentes inesperados possam acontecer e acabem gerando grandes problemas.

Além disso, é de responsabilidade do dono da arma avisar os outros moradores da sua existência e aonde que ela é guardada.

Não tente esconder a sua decisão, já que pode ser muito perigoso.

Caso seja necessário, converse com seus familiares e explique a importância de ter uma arma em uma na residência o motivo pela sua escolha.

Está procurando chácaras à venda e quer manter ela protegida? Calma, na sequência iremos explicar como funciona a compra de uma arma legal no Brasil e como deve ser feita para poder manter no seu quarto, sala ou, até mesmo, no banheiro e cozinha.

Porte de arma em casa legalmente

Após entender qual é a responsabilidade dos cidadãos que sentem a necessidade de ter porte de arma em casa ou apartamento, é importante conferir todos os requisitos que devem ser analisado no momento de realizar a compra. Por isso, separamos para vocês alguns detalhes que não podem ser esquecidos:

  • É necessário ter acima de 21 anos;
  • Ter residência fixa no seu nome;
  • Ter emprego registrado devidamente registrado na carteira de trabalho;
  • Não ter nenhum antecedente criminal;
  • Realizar exame psicológico.

Caso esteja enquadrado nas exigências citadas acima, é preciso ir até a Polícia Federal mais próxima para começar o procedimento.

Lembrando que é necessário levar cópias autenticadas do RG, CPF e comprovante de domicílio, declaração de necessidade, comprovante de emprego, certidões negativas de antecedentes criminais fornecidas pela Justiça Federal, Estadual e Militar, exame psicológico e exame técnico credenciado na Polícia Federal.

Para poder registrar a arma é necessário que seja efetuado o pagamento de uma taxa adicional no valor de R$ 50,00.

Em seguida, a pessoa deve voltar para a Polícia Federal e levar a autorização de aquisição, nota fiscal da compra da arma e o comprovante bancário do pagamento da taxa.

Caso tenha mais dúvidas, contrate ou consulte um advogado especialista na área de segurança, certamente ele poderá esclarecer tudo e ajudar na papelaria exigida.

Consulte familiares e amigos que já tenham tomado esta decisão tão importante e delicada, mas não se deixe levar apenas por uma opinião, procure analisar cada caso por separado e entender a sua importância.

Entretanto muitas pessoas são contra e defendem a ideia de que as armas devem ser utilizadas apenas pelo Estado, isso é defendido inclusive por especialistas da área.

Mas resta saber, é a única forma de manter a família segura?

A dúvida permanecerá, uma vez que cada indivíduo possui uma interpretação distinta do assunto.

Métodos de segurança para sua casa

Muitas casas para vender em Curitiba e no oeste do estado possuem métodos muito eficazes e comprovados de segurança, não sendo necessário ter porte de arma em casa, caso você seja contra essa medida explicada anteriormente.

Conheça a seguir algumas ideias que podem ser muito úteis nesta situação.

A primeira dica é mantenha as portas e janelas fechadas e trancadas sempre que sair da sua casa ou for dormir durante o dia ou noite, confira que nenhuma janela acabe passando despercebida, uma vez que é um das principais formas de assalto.

Se for voltar tarde, deixe a casa iluminada, isso irá diminuir a sensação de não ter ninguém.

Ao viajar, avise seu vizinho e tente deixar algum conhecido responsável para que verifique que tudo esteja em ordem e não comente para pessoas estranhas da sua ausência.

Esteja sempre atento aos movimentos estranhos em torno da sua residência, carros ou pessoas circulando na sua porta pode ser um sinal de alerta.

Não abra a porta para qualquer pessoa sem identificação, exija que se identifique e mantenha o portão fechado quando não estiver entrando ou saindo da casa.

Evite contratar empregada domestica sem toda a documentação em dia, uma vez que na maioria das vezes é ela que irá passar mais tempo na casa.

Além disso, evite que ela leve pessoas desconhecidas para dentro da sua casa, exija sempre uma explicação.

E por último mantenha sempre por perto o número do polícia e bombeiros, mostre para os outros moradores também, qualquer forma de prevenção é valida!

Bairros mais perigosos do oeste paranaense

Hoje em dia, o interior do Paraná está cada vez mais chamando a atenção dos curitibanos que querem tranquilidade e segurança para o seu dia a dia.

Mas, antes de migrar para essas regiões é necessário conhecer a lista dos bairros que mais obtiveram problemas nos últimos anos.

Confira a seguir os locais mais perigosos de Cascavel, Foz do Iguaçu, Toledo e Medianeira:

  • Tarumã – Cascavel;
  • Floresta – Cascavel;
  • Bela Vista – Cascavel;
  • Universitário – Cascavel;
  • Portal da Foz – Foz do Iguaçu;
  • Porto Meira – Foz do Iguaçu.
  • Jardim Jupira – Foz do Iguaçu.

Confira a seguir os locais mais seguros de Cascavel, Foz do Iguaçu, Toledo e Medianeira:

  • Centro – Cascavel
  • Recanto Tropical – Cascavel;
  • Região do Parque Imperatriz – Foz do Iguaçu;
  • Centro – Foz do Iguaçu;
  • Campos do Iguaçu – Foz do Iguaçu;
  • Centro – Medianeira.

Gostou do artigo?

Continue acompanhando nossas postagens e saiba tudo sobre a segurança da sua casa ou apartamento.

Compartilhe em suas redes sociais, certamente irá ajudar muitas pessoas da sua cidade!

 

Imagens: Pixabay/Fonte Brasil.

 

Facebook Comments