Insônia, você por aqui?

Por Alessandra Fiori – Nutricionista.

De acordo com a Associação Brasileira do Sono, de cada 3 brasileiros, ao menos 1 sofre com a insônia, distúrbio caracterizado pela dificuldade de dormir ou manter-se dormindo.

O sono é um dos pilares quando se fala em qualidade de vida, emagrecimento, ganho de massa muscular e saúde em todos os aspectos. Nosso organismo funciona baseado no nosso ciclo circadiano, uma noite mal dormida irá influenciar na secreção hormonal do dia inteiro, é por isso que precisamos deixar esse ciclo equilibrado para tudo funcionar plenamente, e o sono, com certeza, é indispensável.

Normalmente, o que está em falta é fazer o ‘’ritual do sono’’, de nada adianta ter um dia péssimo, uma alimentação nada saudável e esperar que se tenha sono durante à noite, o sono é um reflexo do que foi feito durante o dia.

O relógio circadiano controla os hormônios do sono e este controle acontece por meio da alimentação e principalmente, os horários destas refeições. Quando mais cedo forem suas refeições, maior a qualidade de funcionamento do seu relógio circadiano.

A qualidade da refeição também é importante, precisamos secretar serotonina no período da manhã e isso acontece por meio da ingestão de proteínas no café da manhã. Tendo este hormônio de manhã, vai acontecer uma cascata hormonal durante o dia e produzir melatonina à noite, favorecendo o sono.

Quando essas etapas não são respeitadas, desregulamos nosso ciclo circadiano, uma vez que isso acontece, os remédios para dormir não farão efeito, os níveis hormonais estão muito bagunçados e se não modificar a rotina e os hábitos alimentares, nada resolverá.

O primeiro passo para o ritual do sono é fazer as refeições mais cedo, principalmente o jantar, escolher uma refeição com carga glicêmica baixa e leve, pois alta ingestão de carboidratos à noite pode atrapalhar sim a produção de melatonina. Pessoas muito ansiosas e que sentem fome à noite, pode ser uma boa estratégia consumir uma chá calmante, como melissa, erva cidreira e mulungu.

A aromaterapia também pode ser uma opção para quem têm insônia, óleos essenciais de limão e lavanda são aliados do sono, borrifar esses óleos no ambiente de dormir pode ajudar.

Existem vários fitoterápicos que também podem te ajudar a melhorar a qualidade do seu sono, as prescrições são muito individuais e devem ter acompanhamento de um profissional.

Cada caso é um caso, muitas vezes algumas estratégias não irão funcionar para você, mas em 90% dos casos, um dia mal organizado resulta em uma noite mal dormida.

Deste modo, busque por uma rotina mais equilibrada e saudável, respeitando os horários das refeições e colocando nutrientes no seu organismo para ajudar a produção hormonal.

Deite-se mais cedo, faça um ritual do sono e comece pelo café da manhã. O ambiente do sono deve ser calmo, escuro e silencioso.

Viva a vida mais leve, relaxe, respira e agradeça.

 

Alessandra Fiori, 21 anos. Nutricionista e Pós Graduanda em Nutrição Clínica Funcional
Facebook Comments