Estudante morre após ser picada por uma formiga na Bahia

Uma estudante de medicina morreu [VÍDEO] esta terça-feira, 23, na cidade de Salvador, na Bahia, vítima de uma picada de formiga. De acordo com o G1, Michelle Teixeira do Valle, de 24 anos, passou mal depois de ter sido picado pelo inseto na última segunda-feira, 22. Ela foi levada para um hospital na capital da bahia, onde chegou em estado extremamente grave, tendo morte cerebral no dia seguinte.

De acordo com Maluza Ribeiro, prima a aluna, Michelle havia pisado em uma formiga e foi picado pelo inseto – a jovem era alérgica. Antes de o aluno ser levado por uma ambulância do SAMU, os médicos ainda tentaram reanimá-la por cerca de 40 minutos.

Ela chegou à unidade de saúde por volta das 14 horas, apresentando quadro extremamente grave, em coma profundo e sem reflexos de tronco. De acordo com os médicos, a picada evoluiu para síncope grave com choque circulatório e parada cardiorrespiratória. Nesta terça-feira, por volta das 16 horas, teve o protocolo de morte cerebral fechado e os familiares dos que assinaram o termo para a doação dos órgãos.

Michelle era a filha do ex-vereador da cidade de Pilão Arcos, Heitor Ribeiro do Vale, e neta do ex-prefeito, o falecido João Ribeiro do Vale. De acordo com Maluza, o pai de Michelle está muito preocupado com a perda de sua filha. Amigos usaram as redes sociais para oferecer as últimas homenagens e a Câmara Municipal de Pilão Arcado decretou luto oficial de dois dias.

Mordidas que podem matar

A bióloga Ilka Biondi, especialista em insetos, explicou que a picada do inseto pode ter levado o jovem a desenvolver uma reação alérgica, que pode provocar uma morte inesperada.


O melhor vídeo do dia


Fala de Haddad desagrada militares brasileiros


Segundo ela, isso depende da reação do corpo à toxina liberada pelo inseto”.

Empresa disse que este tipo de reação é mais comum acontecer com as picadas de abelhas, mas que até a ingestão de alimentos como, por exemplo, o amendoim, que pode provocar reações. “A gravidade vai depender de como reage o corpo”, explica.

Outro caso de morte por picada

Também nesta segunda-feira, 22 anos, uma menina de 4 anos morreu [VÍDEO] no decorrer de uma picada de escorpião na cidade de Ourinhos, no interior de São Paulo. O escorpião estava dentro de uma roupa que ela usava para ir à escola. Depois de ouvir os gritos da menina, a mãe tentou tirar o escorpião e também acabou sendo picada. As duas foram a um hospital, onde a mulher foi atendida e liberada em seguida. A menina foi para a observação e, depois de seu quadro piorar as coisas, ela não resistiu às paradas cardiorrespiratórias.

Facebook Comments