7 Fatos Bizarros do Antigo Testamento

Hoje vou te mostrar 7 fatos estranhos, porque não dizer até bizarros, que aconteceram no Antigo Testamento.

Histórias difíceis de acreditar e que seriam inimagináveis hoje, com a nossa visão e cultura.

E claro, vamos mostrar o porque de cada uma delas:

Clique Aqui e Inscreva-se no Canal!

Antes de mais nada é importante esclarecer que estes fatos que eu vou te mostrar agora, lá da época do antigo testamento, aconteceram mais ou menos entre os anos de 1800 e 500 a.C. Estamos falando ai dos primeiros descendentes da tribo de Israel.

Então logicamente é preciso ter clareza de como as coisas eram naquela época. Não adianta olhar o que acontecia naquele período com os nossos dias atuais. É preciso olhar de fato a partir do contexto social e religioso da época.

Dito isso, vamos aos fatos estranhos que estão relatados na Bíblia.

 

Fato Número 01 – Do Antigo Testamento – O Dote Estranho de Davi.

Em 1 Samuel, 25-27:

Davi queria se casar com a filha do então rei Saul e disse que ofereceria qualquer coisa pela mão da bela donzela.

Então Saul disse que para aceitar ele como genro, davi deveria recolher o prepúcio de nada menos que 100 homens Filisteus, que eram os inimigos da época. (abrindo um parênteses aqui: se você não sabe o que é prepúcio, dá um google ai).

O plano do Rei Saul era que Davi fosse derrotado nessa batalha pra conseguir isso e Davi foi com seus homens atrás dos caras, e conseguiu não só 100, mas matou 200 filisteus e tirou os 200 prepúcios.

 

Isso que era vontade de casar em…

Ai você pode pensar. Meu Deus, que prova de amor estranha é essa?

Na verdade, para os Judeus, um homem não ser circuncidado era algo abominável, e os filisteus não tinham esse costume.

Portanto, essa maluquice de levar prepúcios de filisteus (seus inimigos) seria uma maneira de provar quantos ele teria matado.

 

Fato Estranho 02: A quantidade de mulheres dos reis

Os Reis podiam ter muitas mulheres e tinham mesmo. Tinham não só esposas oficiais, como também as concubinas, que eram amantes que o Rei tinha, mulheres que viviam ali com eles oficialmente mesmo, todo mundo sabia e tava tudo bem.

Mas nenhum teve tantas mulheres quanto o Rei Salomão.

O livro dos Reis narra que Salomão teve nada menos que 700 esposas e 300 concubinas. Ou seja, cerca de mil mulheres.

Haja fôlego em!

Porque isso acontecia? Era tanta safadeza assim? Não, na realidade se tratava de uma estratégia política.

Na época de Salomão, para firmar alianças com outros reinos, com famílias poderosas da época, o casamento era utilizado, pois era considerada a aliança mais forte a ser feita.

Assim, o Rei Salomão expandiu muito o seu reino e acabou se tornando o homem mais rico da história bíblica.

 

Fato 03: A dificuldade de ser mulher

Olha, não era nada fácil ser mulher naquele tempo. As mulheres não tinham muita voz, não tinham uma participação política importante, e geralmente eram subjugadas.

Algumas histórias na Bíblia sobre o tratamento às mulheres são bastante perturbadoras, mas é difícil encontrarmos algo tão horripilante quanto o que é descrito em Juízes 19:22-30.

Um homem e sua amante estavam vagando pelas ruas até que um indivíduo aceita hospedar os dois em sua casa. No meio da noite, um grupo de homens apareceu em sua porta, exigindo que ele entregasse seu hóspede para que eles tivessem relações sexuais com o viajante. Só até ai já é uma história bem estranha. Mas o pior estava por vir:

Pra não entregar o seu hóspede e agradar os invasores, o dono da casa então ofereceu sua filha virgem no lugar do homem.

Se tudo isso já não fosse ruim o suficiente, a violência foi tão grande que a moça acabou sendo morta na porta da casa. E não acaba por ai: Quando ela foi encontrada por seu noivo, ele deu fim a seus restos mortais distribuindo-os para as 12 tribos de Israel. Só isso.

Essa talvez é uma das histórias mais difíceis do antigo testamento.

E uma das explicações de estudiosos é de que se trata de uma passagem forte como forma de mostrar a depravação moral de Israel nesta época, que estava com muitos corações maus e depravados.

 

Fato 04 – Homens que Rasgavam as Roupas:

A Bíblia fala sobre várias situações em que as pessoas rasgavam suas roupas.

Isso acontecia por exemplo, quando os judeus da época queriam expressar fortes sentimentos, como a raiva, o luto, vergonha, e por ai vai… Então eles de fato rasgavam as próprias vestes.

E em várias passagens também, além de rasgar as roupas, os personagens colocavam terra sobre a própria cabeça, ou não arrumava o cabelo ou até mesmo chorava alto – justamente como uma demonstração pública destes sentimentos e inclusive era considerada uma forma de humilhação a Deus.

 

Fato estranho numero 05 – a Jumenta Falante.

Tem uma passagem também no mínimo curiosa do antigo testamento em que um animal começou a simplesmente falar. Se comunicar. E era uma Jumenta.

Está em Números 22:28,29

“Então o Senhor fez a jumenta falar, e ela disse a Balaão: — O que foi que eu fiz a você, para que você me espancasse já três vezes?

Balaão respondeu à jumenta: — Foi porque você zombou de mim. Se eu tivesse uma espada na mão, mataria você agora mesmo!”.

Balaão era um profeta conhecido naquele tempo.

Ele estava fazendo uma viagem com o intuito de amaldiçoar o povo de Israel. E ai a pobre jumenta viu um anjo com uma espada, e desviou do caminho, fazendo com que ele batesse nela… E então Deus abriu os olhos do profeta e ele viu o Anjo, que estava na frente do caminho com a espada na mão.

Balaão se deu conta do que estava acontecendo, que na verdade a pobre Jumenta estava tentando salvar a sua vida. Aí o Anjo conversou com o profeta, que reconheceu seu pecado e

Balaão, obedecendo a Deus, não amaldiçoou o povo e além disso, o abençoou e foi abençoado.

 

Fato Estranho Número 06 – O Incesto

Em Gênesis, capítulo 19, Deus destrói as cidades de Sodoma e Gomorra, por conta de todas as bizarrices sexuais que estavam acontecendo por lá.

Ló, sobrinho de Abraão, foi poupado e fugiu com as duas filhas e a sua esposa. A sua esposa no caminho da fuga, olhou para trás e acabou virando uma estátua de sal. Então ficaram somente o pai e as duas filhas.

Depois de fugir da cidade destruída, pai e filhas se refugiaram em uma caverna. E ai as filhas resolveram embebedar o pai, com vinho, e ter relações sexuais com ele. E fizeram isso mesmo. Pior ainda: Cada uma teve um filho proveniente dessa relação.

E isso aconteceu porque elas pensaram que não existia mais homem na terra, depois da destruição das cidades, enfim… Então foi basicamente uma tentativa desesperada de perpetuar a espécie.

 

Fato Estranho Número 7 do Antigo Testamento– A vingança do Careca:

Outra passagem bastante curiosa do Antigo Testamento está no livro de Reis (2:23-24). Ela conta a história de Eliseu, um homem bastante sábio, mas que sofria com a calvície, própria de sua idade.

Um belo dia, ele estava em uma longa caminhada até Betel, na Cananeia, quando foi atacado por um grupo de jovens, crianças, que ficavam provocando ele por causa da sua careca.

Eliseu então lançou maldições para os jovens, e imediatamente, duas ursas apareceram e mataram nada menos que 42 crianças.

Pesado também né?

Logicamente épreciso analisar o contexto histórico e sociorreligioso de Israel e da cidade de Betel.

Possivelmente estes jovens teriam zombado do ministério de Eliseu – que era um profeta. Então não se trata só da careca, como muitos pensam, e é por isso que tudo aconteceu.

 

Home.

Facebook Comments