Hospital Moacir Micheletto é referência na região

Criado com o objetivo de oferecer mais qualidade no atendimento à população chateaubriandense e regional, o Hospital Beneficente Moacir Micheletto, de Assis Chateaubriand, é hoje uma das maiores obras em andamento na região Oeste do Paraná.

Ao todo, o investimento chegará a R$ 7.225.673,38, com reforma, ampliação, modernização e equipamentos da unidade de saúde – antes denominada de Hospital Osvaldo Cruz.

Administrado pela Associação Hospitalar Beneficente Moacir Micheletto, nome em homenagem ao saudoso deputado federal de Assis, o novo hospital é uma entidade filantrópica e já conta com expressivos números.

Desde sua fundação, de dezembro de 2012 até agora, já foram realizados mais de 198.500 mil atendimentos de baixa e média complexidade.

Hoje, o Hospital oferece serviços de urgência e emergência, ortopedia, obstetrícia, urologia e sobre aviso cirúrgico.

Para ampliar a estrutura, o Governo de Assis viabilizou junto ao Estado recursos na ordem de R$ 4,725 milhões. Outros R$ 2,450 milhões também já estão garantidos para compra de equipamentos, totalizando o investimento de R$ 7,225 milhões.

Na obra, já foram construídas quatro enfermarias (duas adultas, uma pediátrica e uma para gestantes), pronto socorro, centro cirúrgico com duas salas, farmácia, cozinha e toda a estrutura para instalação de 10 leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), além de salas administrativas, entre outros.

Hoje, os trabalhos concentram-se na fase de acabamentos. Com mais de 95% já concluído, o Hospital Micheletto pode ser entregue pela empreiteira até o final deste ano, passando a ter 2.265 metros quadrados.

“Um dos maiores compromissos que fizemos e talvez o maior desafio do nosso Governo foi melhorar a estrutura de atendimentos na saúde pública de Assis Chateaubriand. E estamos, a cada dia, cumprindo com esse compromisso. Já entregamos três novos postos de saúde e estamos construindo mais um, com o propósito de descentralizar os serviços e acabar com aquelas longas filas de espera”, diz o prefeito, João Aparecido Pegoraro.

Como se trata de uma instituição sem fins lucrativos, o Hospital conta com aporte financeiro do Governo Municipal. Em 2017, para o funcionamento da unidade, o executivo destinou R$ 4,650 milhões. Neste ano, outros R$ 6,120 milhões foram liberados para garantir os serviços públicos.

“Em comparação a anos anteriores, é inegável que melhoramos muito o atendimento à nossa população e, agora, com a ampliação, Assis será uma referência regional. Sabemos que é difícil alcançá-la, mas estamos em busca da excelência”, completa Pegoraro.

Facebook Comments