Cuca conversa, mas Renato como executivo ainda é incógnita no Santos

imagem15-09-2018-09-09-27Cuca sugere Renato como substituto de Ricardo Gomes no Santos (Ivan Storti/SFC)

Cuca sugeriu Renato como substituto de Ricardo Gomes no Santos, mas a aposentaria do volante para assumir cargo administrativo ainda é uma incógnita no clube.

O jogador de 39 anos e atualmente na reserva pensava em se aposentar antes de conversar com o técnico, porém, não descartava mais um ano em campo por conta da boa forma física. Ele não tem o mesmo vigor, mas apresenta bons testes e sente poucas dores.

Cuca entende que Renato pode ser o elo entre o elenco profissional, as categorias de base e a diretoria, enquanto o gerente Sergio Dimas ficaria com questões mais burocráticas, como reforços e renovações de contrato. O elenco está fechado para essa temporada e só será alterado para 2019.

O ídolo é querido por todos, tem ótimo contato com os jovens da base e poderia aproveitar o fim dessa temporada para fazer a transição entre o fim da carreira profissional com o início em gestão. O camisa 8 conversará com a família para das sua opinião nos próximos dias.

O presidente José Carlos Peres definiu três alternativas “baratas”, entre elas Renato, para substituir Ricardo Gomes, agora manager do Bordeaux-FRA. O prazo para a escolha é até o fim do mês. A diretoria gosta da sugestão de Cuca.

O domínio do treinador sobre o elenco e os bons resultados – oito jogos sem perder e sete sem sofres gols -, fazem o Santos não ter pressa na definição. Ricardo Gomes deixou o Peixe no último dia 5 e, desde então, o departamento tem o gerente Sérgio Dimas e o coordenador Diogo Castro.

Em contato com a Gazeta Esportiva, o presidente José Carlos Peres descartou alguns nomes e especulou outros, como Elano, Clodoaldo e Deivid. Procurados pela reportagem, todos negaram qualquer procura do Santos.

O Peixe contratou sete reforços para a temporada – Gabigol, Eduardo Sasha, Dodô, Carlos Sánchez, Derlis González, Bryan Ruiz e Felippe Cardoso. O primeiro executivo, Gustavo Vieira, foi demitido. Ricardo Gomes chegou no segundo semestre e ficou pouco mais de dois meses.

Facebook Comments