7 melhores vinganças feitas por famosos

Quem não adora uma boa história de vingança? A sociedade não perde a oportunidade de explorar as tramas que envolvem uma boa revanche. Na literatura temos “O Conde de Monte Cristo”. Na TELEVISÃO temos “a Vingança”. No cinema temos “”Kill Bill” e milhares de outros exemplos. Mas entre todos os exemplos de histórias de vingança em cultura pop, no Brasil temos um que se destaca. Nós nunca nos vamos esquecer da Nina tentando se vingar da Carminha em “Avenida Brasil“. Até o dia de hoje da novela, que tratava sobre a vingança, é uma das maiores audiências do gênero na televisão brasileira.

A conclusão a que chegamos com tudo isso é a seguinte: as pessoas amam de coração, uma boa vingança. A explicação mais clara disso é o fato de que essa trama, na qual um tratado injustamente consegue criar uma revanche e limpar sua honra, é muito fácil de ser absorvida e o despertar de identificação. Mas uma boa vingança não se limita às histórias. Elas também acontecem na vida real. Digo mais: ocorrem com pessoas conhecidas e famosas. Quer conhecer algumas delas? Listamos 7 melhores vinganças levadas a cabo por pessoas famosas.

1 – Michael Crichton e a regra do pau pequeno

imagem10-10-2018-11-10-32

Você conhece a “regra do pênis pequeno”? Ela é usada por escritores famosos para meter os seus adversários e inimigos. Quando um escritor quer falar mal de uma pessoa, mas não pode devido a problemas judiciais que envolvem injúria e difamação, criam personagens em seus livros com as mesmas características da pessoa real . Lá dizem que o personagem tem o genital pequeno.

Um dos casos mais famosos é o do criador e roteirista de Jurassic Park, de Michael Crichton. Em 2004, o seu livro “State of Fear”, recebeu uma má avaliação do crítico Michael Crowley. Na obra seguinte, o crítico apareceu como o personagem de Chris Crowley”, que era conhecido como um estuprador de crianças de pau pequeno. Além da semelhança entre os nomes, tanto o personagem como o crítico são formados na Universidade de Yale e são jornalistas políticos em Washington.

2 – Judd Apatow, e o elenco de “Freaks and Geeks”

imagem10-10-2018-11-10-32

Judd Apatow é um ator, roteirista, diretor e comediante norte-americano. Ele alcançou a fama através de filmes como o Virgem de 40 Anos e Ligeiramente grávidos. No entanto, ele também foi o criador do, hoje, de culto, Freaks and Geeks. O programa foi cancelado depois de 12 episódios, e foi acusado pelo canal NBC de ter escolhido o elenco mal para o programa. Judd então se vingou de uma forma ética e interessante possível: manteve a equipe em vários trabalhos que fez durante a maior parte de sua carreira, tornando-se atores de sucesso. Hoje são grandes nomes como Seth Rogen, Jason, Jason, Paul Feig (James Franco e Jason Schwartzman.

3 – Lord Byron e o urso

imagem10-10-2018-11-10-33

Lord Byron foi um dos maiores poetas do mundo ocidental, conseguindo fama, reconhecimento e muito dinheiro com seu trabalho. Ele é o criador de obras como Dom Juan. Como um grande entusiasta do mundo animal, quando começou a cursar a universidade em Cambridge e Trinity College, ele queria levar seu cão como companhia. O instituto, por sua vez, não permitia nenhum tipo de animal. Para se vingar, ele não levou o cão, mas um urso. Obviamente, a instituição não o queria perto, no entanto, não havia recurso legal para negar a presença do animal. Resultado: o urso foi autorizado a permanecer no campus durante toda a duração da estadia de Byron.

4 – Jonathan Swift e a piada

imagem10-10-2018-11-10-33

Jonathan Swift, escritor inglês (As Viagens de Gulliver) era inimigo do astrólogo John Partridge. Pois o segundo eu não gostava de o primeiro devido aos constantes ataques à igreja. Em 1708, foi estabelecido um plano de vingança. Ele inventou a pessoa de Isaac Bickerstaff, outro astrólogo que publicou seu próprio almanaque do nada, como todos os tipos de afirmações típicas, no entanto, com um prognóstico muito incomum: 29 de março, John Partridge, morreu de uma febre. Partridge respondeu a estranha afirmação, destacando Bickerstaff como um amador e um charlatão. Isso capturou a atenção do público, que estava contando os dias para ver se a profecia aconteceria. No dia 29 de março, Swift publicou um panfleto dizendo que Partridge estava morto. Muitas pessoas acreditaram na notícia, e Partridge teve que publicar uma carta para informar a todos que ainda estava vivo.

5 – Mark Twain e o homem petrificado

imagem10-10-2018-11-10-34

Quando o famoso escritor Mark Twain era um empregado do jornal Territorial Enterprise, decidiu fazer uma brincadeira com um juiz, chamado Sowell, que Twain considerava um tolo pomposo. Mark também estava interessado no elevado número de histórias sobre os corpos mumificados que vinham tendo no jornal. Então decidiu-se a resolver os dois problemas de uma só vez. Ele decidiu contar a história de um homem petrificado em uma montanha da região. Twain fez uma descrição detalhada da criatura, e notou que o juiz Sowell foi o responsável pelo corpo. A história torna-se a publicar nos jornais de todo o país, o que resulta em recebimento de várias visitas e cartas para o juiz. Twain, se mostrou muito satisfeito com o resultado e não fez nenhuma questão de esconder sua vingança, deixando claro que havia feito de propósito.

6 – Friz Freleng e Chuck Jones e os desenhos animados

imagem10-10-2018-11-10-35

Friz Freleng e Chuck Jones foram os criadores de vários personagens mais icônicos dos desenhos animados da Warner Bros. Eles foram os criadores de Pernalonga e patolino. Em 1947, os dois criaram um dos episódios mais queridos do desenho, apenas para irritá-los e vingar-se do produtor Eddie Selzer. Freleng criaram o Frajola, em uma tentativa de competir com o novato da temporada, o pica-pau. No entanto, o produtor queria que o Frajola fizesse aliança com um Pica-pau também. Depois de muita ameaça e pirraça, ele criou o dobro do Frajola, Piu-Piu, que definitivamente não era um pica-pau, e sim um passarinho insignificantes e dócil.

A idéia fez muito sucesso, e desde então ninguém mais dava atenção a opinião do produtor.

7 – Dante Alighieri e o livro com o papa

018/10/imagem10-10-2018-11-10-35.png” alt=”imagem10-10-2018-11-10-35″ width=”600″ height=”439″ />

O Papa Bonifácio VIII tomou o poder quando duas facções, os guelfos e os gibelinos, estavam discutindo sobre a possibilidade de apoiar o papa ou o imperador do Sacro Império Romano. Quando o gueto, que apoiava o Papa, ganhou, ele começou a se vingar do gueto rival. Um dos integrantes do gueto adversário foi Dante Alighieri, que foi exilado de Florença, devido à sua posição no confronto. O que o Papa não esperava é que o escritor estava inclinado sobre A Divina Comédia. No livro, que detalha o caminho de Dante, o céu, o purgatório e o inferno, o Papa apareceu no 8° círculo do inferno. A vingança funcionou a longo prazo, e hoje em dia é mais conhecido por sua aparição, no poema, do que por qualquer coisa que ele já fez como papa.

E aí, o que você pensa sobre essas vinganças de personalidades famosas no mundo? Conhece outros? Comenta aqui com a gente e compartilhe em suas redes sociais. Para você que não se venha para manter a alma longe de envenenamento, aquele abraço.

Facebook Comments